• ULHT
  • ISMAT
  • IPLUSO
  • ISLA Gaia
  • ISLA Santarém
  • ISDOM

Todos os estudantes, docentes e investigadores, sem nacionalidade de um país da União Europeia, que pretendam estudar, trabalhar ou realizar períodos de investigação em Portugal, necessitam de obter um visto no Consulado ou Embaixada portuguesa mais próxima da sua área de residência (consulta aqui: www.portaldascomunidades.mne.pt a informação sobre a nossa rede Consular).

I Estudantes – Curso Completo

Com conclusão do processo de matrícula e inscrição, bem como, com o pagamento dos respetivos dos valores, os estudantes recebem uma Carta de Aceitação, que devem apresentar no momento do pedido de visto.

II Estudantes de Mobilidade (Estudos ou Estágios)

Com a aceitação do plano de estudos/ estágio pelo coordenador de mobilidade, os estudantes recebem uma Carta de Aceitação, que devem apresentar no momento do pedido de visto.

III Professores/ Investigadores

As Universidades / Institutos Ensino Lusófona, enviarão, sempre que solicitado, uma Declaração de Matrícula (por email e/ou correio regular).

A Carta de Aceitação deverá ser anexada aos documentos solicitados pelo Consulado/Embaixada, aquando do pedido de visto.

Importante:
  1. É da responsabilidade dos requerentes a recolha e a preparação de todos os documentos solicitados pelos serviços consulares;
  2. Todos os custos associados aos pedidos de visto são da responsabilidade dos requerentes;
  3. A avaliação dos processos de pedido de visto, a sua validação e a emissão dos vistos é, da exclusiva responsabilidade dos serviços consulares.

Todas as informações oficiais sobre vistos, podem ser consultadas na página web do Ministério dos Negócios Estrangeiros, em www.vistos.mne.pt

Para mais informações e esclarecimentos, poderá contactar o Sector de Apoio a Vistos das instituições Ensino Lusófona através do email: