Sobre Nós

  • Apresentação

    O projeto “Ensino Lusófona” congrega um conjunto de instituições, com destaque para a Universidade Lusófona, que partilham entre si o objetivo de contribuir para o desenvolvimento científico, cultural e económico de todo o espaço da língua portuguesa. Estas instituições congregam hoje mais de 75000 alunos nos diferentes países de língua portuguesa e representam na sua riqueza e diversidade, o lugar diferenciado que a comunidade de língua portuguesa ocupa no mundo. Com um claro desígnio internacional, o projeto “Ensino Lusófona” assume-se cada vez mais como um projeto de ensino superior de referência nas várias áreas em que atua.

  • Missão, Visão, Valores

    Missão

    O projeto Ensino Lusófona tem como missão central contribuir através das suas atividades de ensino e investigação para o desenvolvimento científico, cultural, económico e social de Portugal e de todos os países onde se fala a língua portuguesa.

    Em ordem à prossecução destes objetivos o projeto Ensino Lusófona desenvolve atividades de formação, investigação e prestação de serviços nas mais diversas áreas do conhecimento relevantes para a sociedade, e procura constantemente e de forma ativa constituir-se como um parceiro válido e imprescindível para todos aqueles que, como ele, acreditam que a formação superior, desenvolvimento científico, cultural, económico e social e o conhecimento são os principais elementos impulsionadores do desenvolvimento e progresso da nossa sociedade.

    Visão

    A nossa visão é ser uma referência no ensino nacional e internacional no setor da educação e formação, alinhada com as melhores práticas ao nível pedagógico e de investigação alicerçados pela qualidade do ensino e inserção dos estudantes na vida académica e profissional.

    Queremos ser reconhecidos pela formação de quadros superiores com elevados conhecimentos técnicos e teóricos capazes de integrar os mercados nacional e internacional.

    Valores

    Integridade e Coesão

    O projeto Ensino Lusófona coloca os seus estudantes, professores e colaboradores administrativos no centro de todas as suas atividades, reforçando os princípios de honestidade, verdade, lealdade, retidão e justiça, na conduta diárias de todos, assumindo que o desenvolvimento individual e coletivo só pode ser alcançado através do envolvimento dos alunos e da capacitação dos professores e colaboradores como componentes chave da vida de uma instituição de ensino superior e da comunidade no seu todo.

    Ambição

    O Ensino Lusófona está comprometido com a promoção da educação, da ciência e da cultura em todos os países onde se fala a língua Portuguesa, quer promover a equidade, a inclusão e a diversidade, e compromete-se a eliminar todos os tipos de barreiras no acesso ao ensino superior, logo, no acesso ao conhecimento e às oportunidades que ele cria.

    Acreditamos que o desempenho de uma instituição de ensino superior é reforçado por via da incorporação das atividades da instituição nos contextos locais e regionais em que esta se insere.

    Espírito de Grupo

    O projeto educativo Ensino Lusófona baseia-se na convicção de que a participação ativa e empenhada de todos os estudantes, professores e colaboradores, na atividade de uma instituição de ensino superior, é a única forma que esta tem de atingir os objetivos estratégicos a que se propõe e ter um impacto social significativo, que contribua para o efetivo desenvolvimento científico, cultural e económico da sociedade em que se insere.

    Sustentabilidade

    Incorporar a sustentabilidade como um valor central e ter o compromisso de constantemente implementar práticas sustentáveis em todos os domínios em que atua.

    Formação e Desenvolvimento

    Ter como valor central o princípio de que a formação e o desenvolvimento dos indivíduos são essenciais para a prossecução de atividades educacionais e científicas que impactem positivamente o desenvolvimento global da nossa sociedade.

  • Orgãos Sociais

    O projeto Ensino Lusófona tem como órgão transversal o Presidente e todos os outros órgãos constituintes são singulares a cada instituição e variam segundo os estatutos das mesmas.

    • Presidente Ensino Lusófona
      Manuel de Almeida Damásio

    UNIVERSIDADE LUSÓFONA DE HUMANIDADES E TECNOLOGIAS

    • Reitor
      Mário Moutinho
    • Administrador
      Manuel de Almeida Damásio
    • Administrador Adjunto
      Manuel José Damásio

    Aceder a todos os órgãos sociais aqui

    UNIVERSIDADE LUSÓFONA DO PORTO

    • Reitora
      Isabel Babo
    • Administrador
      Manuel de Almeida Damásio
    • Delegada do Administrador
      Natália Pereira

    Aceder a todos os órgãos sociais aqui

    IPLUSO-INSTITUTO POLITÉCNICO DA LUSOFONIA

    • Presidente
      Fernando Baltasar Moreira Duarte
    • Administrador
      Manuel José Almeida Damásio

    Access all governing bodies aqui

    ISLA GAIA- INSTITUTO POLITÉCNICO DE GESTÃO E TECNOLOGIA (ISLA-IPGT)

    • Presidente
      António Manuel de Andrêa Lencastre Godinho
    • Administrador
      Maria Clotilde Esteves Domingues
    • Delegado da Administração
      José Lemos

    Aceder a todos os órgãos sociais aqui

    ISLA SANTARÉM –Instituto Superior de Gestão e Administração de Santarém

    • Diretor
      Domingos Santos Martinho
    • Administrador
      Manuel de Almeida Damásio
    • Delegada do Administrador
      Filipa Isabel Ferreira Martinho

    Aceder a todos os órgãos sociais aqui

    ISDOM- INSTITUTO SUPERIOR D. DINIS

    • Diretora
      Ana Cristina Simões
    • Administrador
      Manuel de Almeida Damásio
    • Administradora Delegada
      Lígia Marques

    Aceder a todos os órgãos sociais aqui

    ISMAT- INSTITUTO SUPERIOR MANUEL TEIXEIRA GOMES

    • Diretor Científico e Pedagógico
      Rui Manuel Loureiro
    • Administrador
      Manuel de Almeida Damásio
    • Delegada do Administrador
      Célia Gonçalves Pires

    Aceder a todos os órgãos sociais aqui

    FACULDADE LUSÓFONA RIO DE JANEIRO

    • Diretor-Geral Académico
      Doutor Paulo Mendes Pinto
    • Diretora Académica
      Profª Ana Maria Nunes El Achkar

    FACULDADE LUSÓFONA SÃO PAULO

    • Diretor-Geral Académico
      Doutor Paulo Mendes Pinto
    • Diretor Académico
      Profº César Cavainato Cal

    FACULDADE LUSÓFONA BAHIA

    • Diretor-Geral Académico
      Doutor Paulo Mendes Pinto
    • Diretora Académica
      Prof-ª Daiana Dalla Vecchia

    ISUPEKUIKUI 2 - INSTITUTO SUPERIOR POLITÉCNICO DE HUMANIDADES E TECNOLOGIAS

    • Reitor /Presidente
      José Katito
    • Administrador
      Carlos de Brito

    UNIVERSIDADE LUSÓFONA DE CABO VERDE- Baltasar Lopes da Silva Mindelo and Praia Organic Units

    • Reitor
      Carlos Alberto Delgado
    • Administradora
      Dra. Filomena de Fátima Vieira Martins

    UNIVERSIDADE LUSÓFONA DA GUINÉ

    • Reitor
      Rui Jandi
    • Administrador
      Luís Manuel Colaço